Projeto de alegroterapia beneficia idosos de Taubaté e Lagoinha

Projeto de alegroterapia beneficia idosos de Taubaté e Lagoinha

O projeto de Alegroterapia e Animação com Jogos tem o objetivo de melhorar o humor dos idosos, por meio de entretenimento com jogos. Iniciado em abril de 2021, o projeto desenvolvido pela enfermeira Bethânia Regina Rocha, da Fundação José Carlos da Rocha, já beneficiou dezenas de idosos.

As principais atividades são as dinâmicas de jogos, sobretudo os de conhecimento popular, para facilitar a assimilação dos idosos. Atualmente, as atividades são desenvolvidas na Casa do Ancião Luiza de Marillac, em Taubaté, e no Lar Vicentino, em Lagoinha.

Aplicadas de forma descontraída e animada, as dinâmicas de jogos com idosos criam e fortalecem a convivência, sustentam relacionamentos interpessoais, estimulam a comunicação e a interação social, além de aumentar a capacidade mental e de concentração.

De acordo com Bethânia, todas as atividades são pensadas previamente para maior interação e adaptação dos indivíduos. “Antes de colocar em atividade os jogos eu sempre converso individualmente com cada um, com intuito de identificar as dificuldades e, dessa forma, proporcionar uma ação mais leve e sadia. Além disso, atualmente estamos desenvolvendo ações com o auxílio de uma equipe de fisioterapia, para que dessa forma a coordenação motora seja trabalhada também”, explica Bethânia.

Dentre os jogos mais utilizados estão o da memória, dominó, quebra cabeça, bingo, dia de leitura, cinema, caça-palavras, palavra cruzada, peteca dentre outros. As dinâmicas desenvolvidas em grupo estimulam a interação social e comunicação interpessoal, além de precaver doenças crônicas, como a depressão. “Os idosos sempre comentam que os jogos ocupam o tempo de forma feliz e isso é motivo de alegria, tendo em vista que eles passam muitos momentos de ociosidade”, finaliza Bethânia.

Deixe uma resposta