Governo lança estratégia para levar qualidade de vida aos idosos

Governo lança estratégia para levar qualidade de vida aos idosos

O Brasil quer garantir qualidade de vida aos idosos e promover o envelhecimento saudável e ativo da população, com base no programa ‘Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa’, que é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

A estratégia tem foco nos idosos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, e vai reunir ações dos setores governamentais, organismos internacionais e instituições públicas e privadas

Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a estratégia oferecerá mais qualidade de vida para as pessoas com mais de 60 anos, além de fortalecer a Política Nacional do Idoso. “O Brasil tem que se tornar gradualmente um país que atenda essa população crescente de idosos”, ressaltou.

O Brasil tem hoje 29,6 milhões de idosos, sendo que 6 milhões estão no Cadastro Único. Os dados são de abril deste ano, quando o programa foi lançado. Ao aderir à estratégia, Estados e municípios assumem o compromisso de garantir o direito dos idosos e de desenvolver ações voltadas a essa população.

Para o secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do MDS, Halim Girade, a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa significa que as ações voltadas aos idosos serão acompanhadas de perto pelos conselhos municipais e pela sociedade. “Para chegar até isso, nós temos nos municípios a elaboração de diagnósticos sobre os idosos, de planos, a aprovação desse plano como lei pela Câmara de Vereadores, a sanção do prefeito e, a partir deste momento, começa o desencadeamento das ações”, afirmou.

A Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa é desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Social em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Humano, da Saúde e dos Direitos Humanos, do Pnud – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, da Opas – Organização Pan-Americana da Saúde e da OMS – Organização Mundial da Saúde.

Deixe uma resposta